Avatar

A Arca da Aliança e o Cristão – Pr. Márcio Valadão (Livros Evangélicos)

clip_image001

 

O nosso Deus é fiel e tem trabalhado a favor daqueles que estão com Ele.
O Senhor tem trazido entendimento aos seus filhos para que, livres de todo engano, renovados pela Palavra e fortalecidos pelo Espírito Santo estejam aptos a implantar o Reino de Deus.
Para isso, Ele tem estabelecido homens com a visão do Reino e disposição para o trabalho. Esta mensagem do Pr. Márcio Valadão, certamente, irá trazer edificação à sua vida e capacitá-lo a trazer sobre si a arca do Senhor.
Creio que uma das situações mais tristes para uma mulher judia na época do Velho Testamento, na antiga aliança, era ser estéril. Esse era um grande estigma que tornava as mulheres frustradas e desprezadas pelas outras pessoas.
Podemos ver que Mical, filha de Saul, até o dia da sua morte foi estéril. É bem verdade que este estigma não pesa mais, entretanto, há muitas pessoas que não produzem frutos.
Sabemos que o Senhor deseja que sejamos árvores plantadas junto às águas, com as raízes estendidas para o ribeiro, com a folhagem verde, mesmo no ano de sequidão. Ele quer que venhamos a dar frutos, como está escrito em Jeremias 17.8: “Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e no ano da sequidão não se perturba e nem deixa de dar fruto.”
Deus não quer seus filhos como arbustos, porque arbustos são árvores fracas, que não possuem raízes profundas e tampouco produzem frutos, exatamente porque não estão plantadas junto ao ribeiro de águas.
Os arbustos e as árvores frondosas nos lembram de dois tipos de pessoas que existem e com as quais se identificam. Encontramos pessoas cheias de gozo, irradiando vida e, por outro lado, há aqueles que desconhecem essa realidade. Há muitos que ainda não experimentaram das águas da vida, e, por isso, não têm como abrigar alguém em sua copa, não podem oferecer sombra e muito menos frutos.
Por meio dessa mensagem queremos trazer a resposta a um anseio comum nesses dias difíceis: “Como virá a mim a arca do Senhor? Como serei frutífero?”

downloadgifCNMGospel

0 comentários: